moda   / REVISTA MANEQUIM 736

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião

Nesta matéria especial, especialistas da Manequim reuniram dicas incríveis de como montar seus visuais 'all white'

SIMONE SERPA para REVISTA MANEQUIM nº 736 Publicado terça 23 março, 2021

Nesta matéria especial, especialistas da Manequim reuniram dicas incríveis de como montar seus visuais 'all white'
Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião - Fotos: Gabriel Bertoncel

É praticamente impossível resistir ao frescor e às boas energias do branco total, certo? Ele reina absoluto no calor, vai a festas, ao trabalho, é luxo no street wear. Os mais lindos e elegantes modelos você encontra aqui!

Para conferir as peças, confira abaixo:

OMBROS À MOSTRA

O vestido de chiffon com cava americana ainda conta com um charme extra: lastex na gola e no cós para criar um franzido na saia e na blusa. Importante colocar o lastex na bobina da máquina e testar a tensão do fio em um pedacinho do tecido antes da costura final. A saia mullet é finalizada com um babado, que, na verdade, é um recorte godê preso na frente e nas costas.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

(VESTIDO 121 tam. 42 na Revista Manequim nº 736)

EFEITO ESVOAÇANTE

O plissado desse modelo é soleil, isto quer dizer que começa mais estreito e vai alargando. O primeiro passo é plissar todo o chiffon e, na hora de costurá-lo ao forro, é preciso cuidado para não abrir as pregas. Para criar essa barra com ondinhas, o segredo é fazer a bainha de lenço com um fio de náilon por dentro, como é comum nas roupas de festa.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

(VESTIDO 124 tam. 40 na Revista Manequim nº 736)

RENDA-SE SEMPRE

A renda é a parceira da viscose nesse vestido longo e com blusa bem justa ao corpo. Abaixo do busto, a faixa de renda é forrada e o forro segue apenas até a altura da primeira parte da saia. O modelo combina uma faixa de renda reta e outra com bico.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

USAR E MULTIPLICAR

O que parece um vestido só é, na verdade, um conjunto de blusa de manga longa e transpassada e saia plissada. Dois curingas que se combinam com outras peças facilmente. O tecido, chiffon, é o que dá a vaporosidade bem-vinda no nosso verão tropical.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

PAREÔ CHIQUE

O top cropped de renda deixa à mostra a calça estilo pareô, que tem um dos lados prolongados para permitir essa amarração lateral. Por baixo, ela tem um short. É um molde com várias partes, que exige atenção na montagem para sair tudo certinho. Na cintura alta não tem cós, apenas uma limpeza para dar bom acabamento.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

(CALÇA 122 tam. 42 na Revista Manequim nº 736)

BRILHO DISCRETO

Na peça assimétrica, a frente direita é mais prolongada para fazer o transpasse, dar o laço e se sobrepor à esquerda. A manga segue sequinha até certo ponto, depois ganha o arremate de um babado godê com ponta mais comprida em um dos lados. Tudo com bainha de lenço, mas quem preferir pode fazer uma barra estreita ou usar viés. A peça, que combina lurex e crepe, é toda forrada.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

(VESTIDO 123 tam. 44 na Revista Manequim nº 736)

MENOS É MAIS

No longo de poucos enfeites, a graça está no tecido, um algodão maquinetado que tem uma textura do tipo anarruga. O modelo básico tem blusa com manga japonesa e franzido nos ombros, decote e cós. Para criar esse efeito, faça duas carreiras de pesponto e puxe um dos fios para reduzir o tecido até atingir o tamanho do forro, que serve de referência de tamanho.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

(VESTIDO 120 tam. 40 na Revista Manequim nº 736)

PARA VARIAR

Versáteis, as mangas dos macaquinhos podem ser usadas de diferentes maneiras. Com elásticos no topo e no punho, elas podem ser reguladas nos ombros ou abaixadas e deixar o modelo tomara que caia; podem ficar mais compridas ou mais curtas e bem volumosas. O corpo da peça é todo reto e sem detalhes.

Tudo às claras! Das festas ao trabalho, veja como variar as peças brancas de acordo com a ocasião
Foto: Gabriel Bertoncel

(MACAQUINHO 119 tam. 36, 38, 40, 42 na Revista Manequim nº 736)

Último acesso: 19 Apr 2021 - 09:18:08 (1044033).